Telefónica conclui prova conceitual de SDN com múltiplos fornecedores

Telefónica conclui prova conceitual de SDN com múltiplos fornecedores

A Telefónica anunciou hoje que concluiu a prova conceitual da arquitetura SDN com múltiplos fornecedores e domínios. A operadora espanhola trabalhou junto com a ADVA Optical Networking, Ciena, Huawei e Infinera. Para a companhia, o resultado foi positivo e a utilização do orquestrador-controlador ABNO (Application Based Network Operations), baseado em IETF, ajudou a demonstrar que é possível permitir a criação mais rápida de novos serviços por meio de redes de transporte ópticas de fabricantes diversos ao utilizar uma abordagem hierárquica de controladores.

“O SDN permite que as operadoras otimizem a utilização da rede, bem como reduzam os custos operacionais “, disse Javier Gavilán, diretor de planejamento e tecnologia para Transportes, Core, Plataformas e Dispositivos Móveis. Segundo o executivo, a Telefónica demonstra seu interesse nas tecnologias SDN/NFV como uma forma de evoluir a infraestrutura para as futuras demandas. “Precisamos pressionar a indústria para que tenham soluções padronizadas que permitam a interoperabilidade entre os fornecedores”, observou.

Segundo a operadora, no teste piloto a empresa foi capaz de orquestrar domínios alavancando planos de controle distribuídos, permitindo o cálculo de rotas otimizadas para minimizar o uso de recursos e proporcionar maior escalabilidade com restauração de serviços mais eficiente e rápida. A companhia utilizou as interfaces REST API entre as camadas de controle. A Telefónica informou que o controlador-orquestrador obteve a topologia de rede para cada domínio e usou essa informação para configurar serviços ponto a ponto. Em seguida, a API foi utilizada para transmitir o pedido de cada domínio para cada um dos controladores de terceiros.

No trial, o Multilayer WAN Controller da Ciena foi requisitado pelo orquestrador ABNO e então usou o Navigate multicamada para calcular um caminho ideal através da plataforma 5430 Packet-Optical. A partir daí foi utilizada uma interface aberta para a solicitação do 5430 ao OneConnect Intelligent Control Plane para sinalizar a conexão multi-hop, arquitetura baseada em múltiplos saltos, e possibilitar uma dinâmica recuperação em caso de falhas na rede.

A Huawei contribuiu com o Controller T-SDN e com a plataforma OptiX OSN 8800 Intelligent Optical Transport localizada na China. A Infinera forneceu o sistema Intelligent Transport Network com a plataforma DTN controlada pelo software Open Transport Switch (OTS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.