Panasonic abre patentes para acelerar Internet das Coisas

Panasonic abre patentes para acelerar Internet das Coisas

A Panasonic anunciou esta semana o acesso livre de royalties a 50 produtos, entre software e outras tecnologias que envolvem computação em nuvem, como monitoramento de casas conectadas e sistemas de energia solar para acesso à Internet. Com essa decisão, a companhia japonesa espera que desenvolvedores estejam aptos a desenvolver novas plataformas que possam acelerar o desenvolvimento da Internet das Coisas.

Como parte dessa oferta, a Panasonic adota o modelo de software de código aberto para contribuir para o OpenDOF (Open Distributed Object Framework) Project, um consórcio sem fins lucrativos formado pela gigante japonesa. A ideia é promover o desenvolvimento de serviços de rede que conectem dispositivos, inclusive os que têm recursos limitados, como memória e bateria. O alvo é a coleta de dados a partir de um grande número de sensores e também trabalhar com o controle remoto desses dispositivos.

O anúncio da liberação de patentes foi feito pela empresa durante a Embedded Linux Conference, realizada em San Jose, na California.Na ocasião, o CTO da subisidária norte-americana, Todd Rytting, disse que espera que a iniciativa seja seguida por outras empresas globais. Há outras companhias que já anunciaram a liberação de patentes, como a Toyota Motor e a fabricante de carros elétricos Tesla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.