Intel vai investir US$ 125 milhões em startups criadas por mulheres e minorias

Intel vai investir US$ 125 milhões em startups criadas por mulheres e minorias

Brian Krzanich, presidente-executivo da Intel, anunciou hoje que a Intel Capital vai investir US$ 125 milhões nos próximos cinco anos em startups de tecnologia geridas por mulheres e minorias. O Intel Capital Diversity Fund é a primeira etapa de execução da promessa feita pelo executivo durante a CES Las Vegas (Consumer Electronics Show), em janeiro, de investir mais de US $ 300 milhões para diversificar o talento na indústria de tecnologia.

A empresa aposta que irá colaborar para que as mulheres e minorias alcancem representação significativa na força de trabalho dos Estados Unidos até 2020. Atualmente, apenas 15% das empresas fundadas no Vale do Silício possuem uma mulher no time executivo, de acordo com recente levantamento do Babson College. Companhias que possuem CEOs mulheres, por sua vez, recebem apenas cerca de 3% do total de fundos de investimentos. Da mesma forma, menos de 1% dos fundadores das empresas do Vale do Silício são afro americanos ou latinos. Ou seja, quase 100% desses executivos são brancos ou asiáticos.

“Acreditamos que a diversidade e um local de trabalho inclusivo são fundamentais para a obtenção de resultados nos negócios”, comentou Krzanich. “Nosso objetivo com este novo fundo é apoiar significativamente a força de trabalho em startups de tecnologia que reflitam mais a sociedade, e, finalmente, para beneficiar Intel e mais amplamente a economia”, completou.

No seu lançamento, o Intel Capital Diversity Fund já anunciou a aplicação de recursos em quatro companhias. São elas a Brit + Co, de São Francisco; a CareCloud, de Miami; a Mark One, também de São Francisco e a Venafi, de Salt Lake City.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.