60% do mercado brasileiro de serviços financeiros móveis está inexplorado

60% do mercado brasileiro de serviços financeiros móveis está inexplorado

Novas soluções inovadoras para poupança, empréstimos, seguros e compras em todos os canais de varejo impulsionarão a próxima fase de crescimento dos serviços financeiros móveis no Brasil. Essa é uma das principais constatações do estudo sobre serviços financeiros móveis (MFS) promovido pela Amdocs e realizado pela Ovum. O levantamento mostrou ainda que 60% dos entrevistados brasileiros ainda não utilizam tais serviços. Globalmente, a pesquisa revelou ainda que essa taxa de não utilização nos países emergentes chega a 73% dos consumidores, revelando um grande potencial de negócios e oportunidades.

Conforme o levantamento, mais de 50% dos entrevistados brasileiros não conhecem os serviços financeiros móveis, ou ainda não os utilizam – apesar de 12% deles já terem baixado o aplicativo. Já entre os que não possuem conta bancária, o índice de pessoas que ainda não utiliza os serviços financeiros móveis sobe para impressionantes 75%. Enquanto 32% dos entrevistados brasileiros sem conta bancária já ouviram falar dos serviços financeiros móveis, mas não planejam usá-los, 43% dos entrevistados sem conta bancária não têm qualquer conhecimento deles. Isso revela, segundo a Amdocs, que educação para o mercado e comercialização mais direcionada são essenciais para promover a adoção e o uso de MFS.

Ainda em relação ao mercado brasileiro, a pesquisa descobriu que 14% dos entrevistados brasileiros gostariam de usar serviços financeiros móveis ao longo do próximo ano para empréstimos, poupança e seguros, 19% para resgatar cupons móveis, e 17% para pagamento de compras online e na loja física e restaurantes. Enquanto a compra de bilhetes de transportes e o pagamento de compras em todos os canais sejam mais comuns entre os atuais usuários de serviços financeiros móveis, a ideia de receber o salário através do seu dispositivo móvel foi mais destacada entre os não usuários. Os entrevistados (9%) também gostariam de usar serviços financeiros móveis para pagar os estudos e tratamentos médicos.

Os principais fatores que estimulariam a adoção e a utilização generalizada de serviços financeiros móveis no Brasil são mais segurança (37%), taxas baixas (30%), custos de transação (33%) e facilidade

“Promover a próxima fase de crescimento é o maior desafio para as operadoras de serviços financeiros móveis no Brasil”, comentou Renato Osato, vice-presidente da Amdocs para América Latina e Caribe. “O mercado ainda conta com uma vasta maioria da população sem conta bancária que, juntamente com a crescente classe média, precisa de propostas convincentes de valor e soluções avançadas para enfrentar esse desafio. A solução de carteira integrada móvel da Amdocs, com sua capacidade de processamento de pagamentos, juntamente com os serviços especializados de implantação e gerenciados, permite que as operadoras de serviços financeiros móveis ofereçam novos e empolgantes serviços que incentivarão o uso ativo e promoverão a fidelidade dos clientes”, completou.

No resultado global, a maioria dos entrevistados não utiliza os pagamentos ou aplicativos de serviços financeiros móveis, ou não os conhece é mais predominante nos mercados emergentes (73%) em comparação com os mercados maduros (62%). Enquanto 31% dos entrevistados em mercados emergentes declararam não terem conhecimento sobre os pagamentos e serviços financeiros móveis, esse número foi menor em mercados maduros (23%). Dos entrevistados em mercados emergentes, 34% disseram que conheciam, mas não tinham planos de utilizar os serviços, em comparação com 30% dos entrevistados em mercados maduros. Os entrevistados que já fizeram o download do aplicativo ou assinam o serviço, mas ainda não o haviam utilizado, demonstraram tendências semelhantes em mercados maduros (9%) e emergentes (8%).

Foram pesquisados 8.500 consumidores ​​de 17 países em mercados emergentes e maduros: Reino Unido, Dinamarca, Finlândia, Noruega, Suécia, EUA, Canadá, Índia, Filipinas, Malásia, Indonésia, México, Brasil, Colômbia, Guatemala, África do Sul e Gana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.