Dell paga US$ 67 bi pela EMC, uma das maiores transações em tecnologia

Dell paga US$ 67 bi pela EMC, uma das maiores transações em tecnologia

Depois de vários dias de rumores, a Dell confirmou a compra da EMC por US$ 67 bilhões, um valor que lhe dá um dos maiores recordes entre os acordos fechados no setor de tecnologia. A maior transação já efetuada até agora envolve a compra da Time Warner pela AOL por US$ 106 bilhões, fechada em 2000. A engenharia financeira montada para a aquisição prevê o pagamento de US$ 33,15 por ação aos acionistas da EMC sendo que US$ 24,05 em dinheiro e US$ 9,10 em troca de ações envolvendo troca de ações da VMware. Assim que o acordo for finalizado, com a aprovação pelo board da Dell, Joe Tucci, CEO da EMC, deixará o cargo e Michael Dell assumirá o posto de CEO e chairman da companhia que nascerá da fusão das duas empresas.

A Dell, que vem tentando ganhar a liderança em um mercado de computadores que tem dado sinais de estagnação, ganha uma musculatura significativa ao incorporar os negócios da EMC, principalmente storage. Mas também poderá diversificar sua atuação em outras áreas a partir do que a EMC chama de Federação, e onde estão a VMWare, provedor de software virtual, em segurança, com a RSA e ferramentas de desenvolvimento da Pivotal.

“As ondas de mudança que temos visto em nossa indústria não têm precedentes e para acompanhá-las nós precisamos criar uma nova companhia para uma nova era”, comentou Tucci, logo após a divulgação do acordo. Ele ressaltou que a Dell vai proporcionar à EMC um grande canal para a venda de mais de seus produtos. Em entrevista à CNBC, Michael Dell disse que as receitas com sinergia geradas a partir dessa aquisição são três vezes maiores do que o custo das sinergias.

“Nossa estratégia e missão continuam inalteradas”, disse PAt Gelsinger, CEO da WMware. A empresa deverá continuar atuando de forma independente, apesar de provavelmente incorporar equipamentos Dell a suas soluções. Mas Gelsinger garantiu que a política de parcerias, uma das mais importantes fechadas com a Cisco, deverá prosseguir. Ele revelou que há grande interesse comercial da Dell na empresa o que a levará a adquirir as ações da companhia que hoje foram negociadas para a aquisição do grupo.

Há dois anos, a própria Dell passou por um processo de compra, ou melhor dizendo de recompra. Michael Dell pagou US$ 24,4 bilhões aos acionistas da companhia para tê-la de volta e fechar o capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.