Microsoft lança Surface Book, seu primeiro notebook

Microsoft lança Surface Book, seu primeiro notebook

A Microsoft apresentou hoje as novidades com as quais pretende “fomentar ainda mais o entusiasmo e oportunidades para todo o ecossistema Windows”, como aposta o CEO da companhia, Satya Nadella. Entre elas, o primeiro laptop desenvolvido pela empresa, o Surface Book, que entra em competição direta com a linha MacBook Pro, da Apple. Os lançamentos envolvem ainda novos modelos de smartphones Lumia, com Windows 10 e com telas de 5,2 e ainda de 5,7 polegadas. Ainda foi apresentada a nova versão do tablet Surface Pro 4, com processador de sexta geração da Intel.

O Surface Book combina o Intel Core i5 de 6° geração com os processadores Core i7 com mais de 12 horas de duração da bateria. O visor PixelSense de 13.5 polegadas entrega um alto contraste de visor de 267 dpi. A tela também é destacável, podendo ser usado como tablet. O notebook começa a ser vendido nos Estados Unidos no dia 26, com as pré vendas tendo início amanhã. O Surface Book tem preço inicial de $1.499.
A Microsoft também introduziu o Surface Pro 4, com 8.4 mm de espessura, visor PixelSense de 12.3 polegadas, Intel Core de sexta geração, processadores Core i5 e Core i7. Começando a partir de $899, o dispositivo é 30 % mais poderoso do que o Surface Pro 3. Na linha de smartphones, onde a empresa luta para ampliar seu market share em um ambiente competitivo dominado por Apple, Samsung e mais recentemente o crescimento dos chineses, a Microsoft aposta nos novos dispositivos com Windows 10, sistema operacional que deverá dominar toda sua linha de equipamentos.

Topos de linha, os dois modelos Lumia apresentados hoje, 950 e 950 XL, trabalham com a ferramenta Continuum para celulares que foi melhorada com o novo acessório Microsoft Display Dock. Essa configuração permite que os smartphones sejam conectados ao monitor para serem utilizados em entretenimento ou adicionado teclado e mouse para funcionar como um computador. Eles contam com câmeras PureView com sensor de 20 megapixels, flash natural LED triplo e captura de vídeo em 4K. Estarão disponíveis em mercados selecionados em novembro.

A empresa também anunciou que a partir de hoje estão abertas as inscrições para o programa de desenvolvedores Microsoft Hololens, sua primeira experiência com computação holográfica sem fio. Para os interessados, o kit de desenvolvimento começará a ser vendido no primeiro trimestre de 2016 e não será barato: vai sair por US$ 3,000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.