Bradesco lança segunda edição do InovaBra

Bradesco lança segunda edição do InovaBra

O Bradesco anunciou o lançamento da segunda edição do programa InovaBRA, programa voltado a descobrir projetos inovadores de startups que tenham soluções aplicáveis ou com possibilidade de adaptação no setor de produtos e serviços financeiros. As empresas interessadas devem apresentar soluções nas áreas de meios de pagamento, canais digitais, produtos, seguros e Banco do Futuro, que engloba iniciativas que possam ser adotadas nos próximos anos por qualquer área do banco.

O banco inicia ainda neste mês uma série de road shows pelo País para apresentar a segunda edição do programa. O primeiro acontece em Porto Alegre, no próximo dia 21. Em seguida, esses encontros seguirão para as principais cidades brasileiras, reconhecidas como grandes polos de inovação. O programa tem duração de 12 meses, sendo quatro destinados ao processo seletivo e oito meses para o processo de interação com o banco, incluindo melhorias na gestão, busca de sinergia estratégica, operacional e mercadológica.

A primeira fase é composta por três etapas: a primeira envolve a divulgação do programa e inscrição das empresas; ma segunda serão selecionadas seleção até 40 startups pela avaliação do questionário preenchido pelas empresas durante a inscrição. Essas empresas passarão por um processo de imersão para conhecer o banco e serão avaliadas nos seguintes quesitos: qualificação da equipe, potencial de geração de valor, capacidade de entrega, potencial de inovação e mensuração de risco; e na terceira serão escolhidas 20 startups que passarão por avaliação de um grupo de executivos do banco.

Até 10 empresas poderão seguir para a fase de concepção do projeto, na qual receberão orientação com relação a uma demanda associada a uma necessidade real do banco. Consequentemente, terão apoio no desenvolvimento do produto ou serviço e adaptação da solução ao ambiente do Bradesco. Ao final do programa, as empresas terão a possibilidade de comercializar seus produtos para o Bradesco. O banco poderá ainda ser um investidor estratégico dessas startups.

A primeira edição do InovaBRA contou com a inscrição de 553 empresas e oito delas chegaram à fase final do programa, concluindo com sucesso a formatação do Produto Mínimo Viável (MVP) de suas soluções para adaptação das necessidades do banco.

“A primeira edição nos surpreendeu em número de inscritos e na qualidade das soluções apresentadas”, comentou Maurício Minas, vice-presidente do Bradesco. A expectativa do banco para a segunda edição é superar relativamente o número de inscrições. “Acreditamos que essa modalidade de negócios veio para ficar, tanto para o Bradesco como para o mercado brasileiro. Tanto que mantemos relacionamento com as demais empresas inscritas na primeira fase, nosso papel é contribuir para elas possam se estruturar, aperfeiçoar seus produtos, colocar no papel novas ideias e, futuramente, ser uma parceira do banco”, reforçou
Minas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.