Huawei lança solução para facilitar implantação de redes gigaband

Huawei lança solução para facilitar implantação de redes gigaband

A Huawei anunciou a Flexible NG-PON, solução projetada para ajudar operadoras a implantarem redes 10G- ou 40G-PON, com acesso sob demanda baseado em redes ODN legadas. A expectativa é superar os desafios que as operadoras enfrentam atualmente em seleção e implantação tecnológica, além da evolução das redes óticas.

A proposta da NG-PON é a de ajudar a estimular o desenvolvimento de novos serviços pelas operadoras, tais como vídeos 4K/8K, serviços em nuvem e Internet das Coisas (IoT) – o que indica a chegada da era Gigaband. A largura de banda de acesso das redes PON continua aumentando, enquanto o modelo PON de único acesso (usado geralmente para prover conectividade banda larga para residências) está sendo substituído por vários novos modelos, incluindo LAN Óptico Passivo (POL, acessos privados para pequenas e médias empresas (PMEs), serviços para Small Office and Home Office (SOHO), backhaul móvel e redes completas para operadoras de Rede Virtuais (VNOs).

Segundo a Huawei, a crescente gama de serviços coloca uma série de requisitos de desempenho nas redes PON. Por exemplo, serviços de banda larga residenciais requerem, em sua maioria, uma perfeita transmissão do servidor para o cliente. Já os serviços SME de linha privada requerem larguras de banda simétricas para upstream e downstream, enquanto os serviços de mobile backhaul requerem a sincronização de tempo, baixo atraso e banda larga dedicada.

As redes óticas das operadoras estão evoluindo de PON e 10G-PON (incluindo xG-PON assimétrica e xGS-PON simétrica) para 40G TWDM-PON. Durante esta evolução da rede, as operadoras precisam equilibrar os requisitos para largura de banda do serviço, custos do dispositivo, escolha da tecnologia e desenvolvimento futuro da rede. A fim de suportar múltiplas configurações de módulo ótico xG-PON, xGS-PON e 40G TWDM-PON, a Huawei idealizou a Flexible NG-PON para obter essa harmonia.

A Huawei reforça que em comparação com as soluções tradicionais, a Flexible NG-PON conta com implantação all-in-one, sob demanda. All-in-one significa que o produto suporta todos os cenários de hardware padronizados, ou seja, o produto usa diferentes módulos óticos para satisfazer os requisitos de diferentes modos de acesso. Isto reduz o número de peças de reposição necessárias, bem como os custos de O&M. A implantação sob demanda e com evolução perfeita indica que as operadoras podem implantar redes 10G-PON no começo, e substituir os módulos óticos para uma atualização perfeita de suas redes 10G-PON para 40G TWDM-PON visando futuros aumentos de largura de banda.

A solução da Huawei traz a arquitetura distribuída e a virtualização multisserviço da plataforma MA5800, permitindo a fragmentação lógica do dispositivo e dos recursos de rede, o suporte à abertura da rede e wholesale, além de garantir a implantação ágil de novos serviços. A Huawei anunciou a Flexible NG-PON, solução projetada para ajudar operadoras a implantarem redes 10G- ou 40G-PON, com acesso sob demanda baseado em redes ODN legadas. A expectativa é superar os desafios que as operadoras enfrentam atualmente em seleção e implantação tecnológica, além da evolução das redes óticas.

A proposta da NG-PON é a de ajudar a estimular o desenvolvimento de novos serviços pelas operadoras, tais como vídeos 4K/8K, serviços em nuvem e Internet das Coisas (IoT) – o que indica a chegada da era Gigaband. A largura de banda de acesso das redes PON continua aumentando, enquanto o modelo PON de único acesso (usado geralmente para prover conectividade banda larga para residências) está sendo substituído por vários novos modelos, incluindo LAN Óptico Passivo (POL, acessos privados para pequenas e médias empresas (PMEs), serviços para Small Office and Home Office (SOHO), backhaul móvel e redes completas para operadoras de Rede Virtuais (VNOs).

Segundo a Huawei, a crescente gama de serviços coloca uma série de requisitos de desempenho nas redes PON. Por exemplo, serviços de banda larga residenciais requerem, em sua maioria, uma perfeita transmissão do servidor para o cliente. Já os serviços SME de linha privada requerem larguras de banda simétricas para upstream e downstream, enquanto os serviços de mobile backhaul requerem a sincronização de tempo, baixo atraso e banda larga dedicada.

As redes óticas das operadoras estão evoluindo de PON e 10G-PON (incluindo xG-PON assimétrica e xGS-PON simétrica) para 40G TWDM-PON. Durante esta evolução da rede, as operadoras precisam equilibrar os requisitos para largura de banda do serviço, custos do dispositivo, escolha da tecnologia e desenvolvimento futuro da rede. A fim de suportar múltiplas configurações de módulo ótico xG-PON, xGS-PON e 40G TWDM-PON, a Huawei idealizou a Flexible NG-PON para obter essa harmonia.

A Huawei reforça que em comparação com as soluções tradicionais, a Flexible NG-PON conta com implantação all-in-one, sob demanda. All-in-one significa que o produto suporta todos os cenários de hardware padronizados, ou seja, o produto usa diferentes módulos óticos para satisfazer os requisitos de diferentes modos de acesso. Isto reduz o número de peças de reposição necessárias, bem como os custos de O&M. A implantação sob demanda e com evolução perfeita indica que as operadoras podem implantar redes 10G-PON no começo, e substituir os módulos óticos para uma atualização perfeita de suas redes 10G-PON para 40G TWDM-PON visando futuros aumentos de largura de banda.

A solução da Huawei traz a arquitetura distribuída e a virtualização multisserviço da plataforma MA5800, permitindo a fragmentação lógica do dispositivo e dos recursos de rede, o suporte à abertura da rede e wholesale, além de garantir a implantação ágil de novos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.