Fusão da área de serviços corporativos da HPE com CSC cria empresa de US$ 26 bilhões

Fusão da área de serviços corporativos da HPE com CSC cria empresa de US$ 26 bilhões

Criar uma empresa forte, versátil e independente que terá o DNA puro de prestadora de serviços corporativos. Segundo Meg Whitman, presidente da HP Enterprise esse foi a principal motivação para o spin off- merger da área de serviços da empresa e sua fusão com a CSC. O anúncio foi feito seis meses após a própria HP se dividir em duas, uma dedicada para soluções de data center e outra para o consumo, onde estão as impressoras e computadores. Agora, ainda mais leve, a companhia deve contar com economias de US$ 1 bilhão no primeiro ano e cria uma empresa com faturamento anual próximo a US$ 26 bilhões dos quais US$ 20 bilhões gerados pela própria unidade de negócios da HPE.

A transação avaliada em US$ 8,5 bilhões criou uma nova linha de ações, estimada em US$ 4,5 bilhões, e a transferêcia para a nova companhia de débitos no valor de US$ 2,5 bilhões. Com a estrutura resultante do spin off, a HPE permanece como um player de US$ 32 bilhões focada principalmente na venda de servidores e equipamentos de rede.

De acordo com a HPE o custo para separar a unidade de serviços corporativos deverá ser incorporado ao plano de reestruturação anunciado no ano passado. Meg Whitman participará do conselho de administração da nova companhia o CEO Mike Lawrie assumirá o comando da empresa. A expectativa é de que a transação esteja concluída até março do próximo ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.