Monsanto investe em fundo de startups criado pela Microsoft

Monsanto investe em fundo de startups criado pela Microsoft

A Monsanto anunciou sua entrada no fundo  Brasil Aceleradora de Startups- BR Startups, um Fundo de Investimentos em Participações (FIP) criado pela Microsoft em conjunto com a Qualcomm Ventures, a ES Ventures (Portugal) e a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio). Ao realizar o aporte a proposta da empresa é de que a aceleradora passe a investir em startups que estejam criando inovação tecnológica para o agronegócio.

A Monsanto quer acelerar a inovação na agricultura brasileira e dentro da própria empresa, por meio do investimento e da interação com os empreendedores brasileiros mais inovadores. “Acreditamos que a colaboração é uma ferramenta fundamental para que o mundo consiga alimentar 9,7 bilhões de pessoas em 2050, e este é um passo nessa direção”, disse o presidente da Monsanto para a América do Sul, Rodrigo Santos.

A empresa também está investindo no pré-lançamento do primeiro produto da sua afiliada de agricultura digital The Climate Corporation no Brasil. O FieldViewTM Plus será utilizado por cerca de 100 produtores brasileiros de soja e milho nesta safra e o lançamento está previsto para os próximos dois anos. “O Brasil é um dos primeiros países onde demos esse passo, depois dos Estados Unidos”, afirmou Mateus Barros, líder comercial da The Climate Corporation para a América do Sul. Nos Estados Unidos, a Monsanto mantém o fundo de investimentos Monsanto Growth Ventures (MGV), o braço de venture capital da empresa.

A seleção para a nova rodada de investimentos da BR Startups, de R$ 250 mil a R$ 1,5 milhão por projeto, começa amanhã e vai até 7 de agosto . Para participar, as Agritechs com pelo menos dois sócios e faturamento anual entre R$ 300 mil e R$ 10 milhões devem se inscrever pelo link: http://www.fundacity.com/fundo-br-startups/apply/990.

O foco do  BR Startups é em empresas que já passaram por um processo de aceleração, mas que ainda não têm porte suficiente para acessar o mercado de venture capital série A. Ele é gerido pela MSW Capital, gestora com experiência na orientação de empreendedores e histórico em fusões e aquisições

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.