“Para nós, as Olimpíadas já começaram”, diz CIO da Rio 2016

“Para nós, as Olimpíadas já começaram”, diz CIO da Rio 2016

À medida que se aproxima a abertura das Olímpiadas 2016 percorre um frio na espinha dos organizadores. Mas para Elly Resende, CIO da Rio 2016, essa apreensão o acompanha há muito tempo. “Para nós os Jogos Olímpicos já começaram”, diz o executivo que tem em suas mãos 20% do orçamento de R$ 7,4 bilhões. E que desde que começou a monitorar a segurança de dados da infraestrutura tecnológica registrou milhões de tentativas de incidentes e invasões e, até agora, com zero impacto operacional. “Mas em segurança não podemos ser arrogantes e acharmos que estamos blindados. Precisamos sim estar sempre prontos para atuar”, disse. Pela primeira vez, uma Olímpiadas terá um data center para disaster recovery plan fora do país. Ele está localizado em Barcelona.

Resende considera que pelo menos 80% da infraestrutura tecnológica necessária para a realização dos Jogos Olímpicos está pronta. “Todos os backbones estão implantados, as soluções de conectividade estão em fase final de instalação”, disse. Ele considera que sua área está dentro do cronograma e ainda depende de algumas instalações para realizar algum tipo de cabeamento terrestre. “Tem eventos que mexem com a estrutura da cidade e não podem ser antecipados”, disse.

O Centro de Operações Tecnológicas (TOC) entrou no dia 5 na modalidade game start, segundo Rodrigo Uchoa, diretor de novos negócios da Cisco, patrocinadora do evento, e responsável por alinhavar toda a participação na companhia no Rio 2016. Mesmo porque, o IBC (Internet Broadcast Center) está operacional e as grandes redes de televisão estão chegando e instalando seus equipamentos para testes. “A NBC, por exemplo, já está instalada”, disse o executivo. Da mesma forma, já foi aberto o Centro de Imprensa (MPC)

De acordo com Resende, as reuniões com os parceiros tecnológicos — onde estão Cisco, Atos, Embratel, EMC, Panasonic e Samsung — estão entrando em nova fase. De trimestrais passaram a mensais e esta semana ainda está na marca de três encontros semanais. Mas a partir da semana que vem começam a ser diárias, comentou.

A expectativa é de que esses sejam os jogos mais conectados da história. A projeção é de 5 bilhões de expectadores, 18 bilhões de page views em páginas na Internet, 3,5 bilhões de visualizações de vídeo online. Segundo Rezende, a Rio 2016 terá uma rede Wi-FI off load dentro das instalações, para aliviar o tráfego das operadoras móveis, e Wi-Fi público nos live sites (áreas de entretimento) nos dois parques olímpicos e centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.