Diebold Nixdorf adota ferramenta colaborativa para reforçar inovação área financeira

Diebold Nixdorf adota ferramenta colaborativa para reforçar inovação área financeira

A Diebold Nixdorf lançou um programa de crowdstorming para ajudar instituições financeiras a criarem novos serviços para o consumidor e remodelarem a forma de interação com eles nos próximos 10 anos. A iniciativa de brainstorming on-line, chamado de “Repensando serviços e pontos de contato do consumidor no setor financeiro”, vai explorar o conjunto global de mais de 80 mil profissionais criativos organizados na plataforma on-line crowdstorming Jovoto.

Com esta iniciativa, a Diebold Nixdorf está receptiva a ideias inéditas e originais de grupos de fora desta indústria, em um esforço para ajudar os bancos a criarem formas modernas para fazer a ponte entre os mundos digital e físico e a alinharem-se com os seus clientes, alavancando, assim, tecnologias novas e emergentes.

Jovoto é uma comunidade de construção, um modelo colaborativo que estabelece uma ligação virtual entre profissionais qualificados de espírito empreendedor e empresas de quase todos os setores que buscam soluções de ponta.

“No espírito de inovação colaborativa, nós recebemos ideias de dentro e de fora da empresa e convidamos pensadores criativos em todo o mundo para compartilhar visões para o futuro desta indústria”, disse Andy W. Mattes, CEO da Diebold Nixdorf. “Junto com a comunidade Jovoto, estamos buscando conceitos inovadores que repensam os pontos de contato do consumidor em um momento em que as transações financeiras básicas estão se tornando cada vez mais padronizadas e tecnologias, como a realidade virtual, se tornam comuns. Esta abordagem nos dá a oportunidade de fortalecer nossa busca por serviços financeiros mais transformadores para os consumidores”.

A premissa do projeto é “pensar fora da caixa” e conceber serviços financeiros de última geração, que redefinam a interação entre clientes e instituições financeiras, e vão além dos serviços clássicos que são oferecidos atualmente. Tais serviços estão tornando-se essenciais, uma vez que aplicações digitais estão diminuindo os pontos de contato pessoais, novas empresas não-tradicionais estão entrando no setor financeiro praticamente todos os dias e competindo pelos clientes bancários.

Um júri internacional, composto por especialistas da Capital One, BBVA e Commonwealth Bank of Australia, bem como uma série de Fintechs (FinTechCity, finovent e Gruenderszene); selecionará as melhores ideias. Além de prêmios em dinheiro, os concorrentes selecionados terão a oportunidade de apresentar suas ideias para a empresa. As vencedoras da primeira fase do concurso serão anunciadas em um webinar em 15 de Novembro, que também vai fornecer informações adicionais sobre cada candidato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.