Wearable: quando a pele se transforma em interface

Wearable: quando a pele se transforma em interface

A Microsoft Research e o MIT divulgaram detalhes sobre o projeto Duo Skin, que vai permitir que a pele seja utilizada como interface para smartphones e computadores. Para isso estão sendo utilizadas folhas de metal dourado que poderão ser tatuadas temporariamente e, segundo os pesquisadores, o material utilizado é barato, não traz danos à pele e ao mesmo tempo é robusto. Os estudos serão divulgados com mais profundidade em encontros que vão tratar da tecnologia wearable.

O MIT divulgou três tipos de interface do Duo Skin. Em uma delas, a tatuagem é transformada em um trackpad ou um controle deslizante que vai permitir manusear o computador ou smartphone. No segundo caso, a tatuagem poderá exibir vários tipos e cores, nesse caso conforme a temperatura do corpo. E, por fim, também poderá possibilitar o armazenamento de dados que poderão ser lidos por outros dispositivos com NFC, por exemplo.

Segundo os pesquisadores, o Duo Skin também é de fácil implementação. Podem ser utilizados softwares gráficos para criar padrões para o circuito e depois aplicá-los às folhas de ouro que se encarregam da condutividade dos sinais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.