Smartphones: só chineses aumentam as vendas

Smartphones: só chineses aumentam as vendas

O Gartner informou hoje que três fornecedoras chinesas – Huawei, Oppo e BBK Communication Equipment – totalizaram, juntas, 21% das vendas de smartphones no terceiro trimestre. As empresas foram as únicas fornecedoras desse tipo de dispositivo entre as cinco principais no mundo a aumentarem as vendas e a participação no mercado no período.

“A China liderou o crescimento do mercado de smartphones no terceiro trimestre de 2016, com um aumento de 12,4%. As empresas que exploraram com mais sucesso as oportunidades de vendas foram a Oppo e a BBK Communication Equipment, que venderam 81% e 89% de seus aparelhos para a China, respectivamente. As duas companhias também aumentaram seus números na Índia, Indonésia, Malásia, Tailândia e Rússia”, explicou Anshul Gupta, Diretor de Pesquisas do Gartner.

As vendas mundiais de smartphones para usuários finais totalizaram 373 milhões de unidades durante o terceiro trimestre de 2016, um aumento de 5,4% em comparação ao mesmo período em 2015. No entanto, as vendas totais de telefones celulares caíram 1,3%, devido, principalmente, à queda da popularidade de aparelhos normais.

A Samsung teve um bom início de trimestre, mas o problema de incêndio na bateria de Smartphones Galaxy Note 7 levou a uma queda nas vendas da linha de produtos de alta tecnologia Note. A Samsung registrou uma queda nas vendas de smartphones dede 14,2% no terceiro trimestre de 2016, registrando seu pior desempenho até agora. Anteriormente, a pior performance da Samsung em venda de Smartphones  foi uma queda de 12,3% no quarto trimestre de 2014.

“A decisão de retirar do mercado o Galaxy Note 7 foi acertada, mas os danos à marca irão dificultar o aumento das vendas de seus aparelhos em curto prazo. Para a Samsung, é crucial que o Galaxy S8 seja lançado com sucesso para que os parceiros e os clientes voltem a confiar na marca”, disse Gupta.

As vendas do iPhone da Apple continuaram a cair no terceiro trimestre de 2016, com um declínio de 6,6%. A empresa detém 11,5% do mercado global de Smartphones, porcentagem que representa sua pior participação desde o primeiro trimestre de 2009. As vendas da Apple caíram 8,5% nos Estados Unidos e 31% na China, dois dos seus maiores mercados.

A Huawei está se beneficiando da queda de vendas da Apple. Durante o terceiro trimestre de 2016 houve uma diferença de menos de 3% na participação de mercado de smartphone entre as duas empresas. Aparelhos altamente competitivos e repletos de recursos permitiram que a companhia mantivesse o índice de vendas nos mercados mundiais, com expansão na Europa e nos Estados Unidos que podem ajudar a Huawei a registrar outro ano de possível crescimento.

Em relação aos Sistemas Operacionais (OS) de Smartphones, o Android da Google continuou a avançar sobre a participação do iOS da Apple, totalizando cerca de 88% do mercado total. “A retirada do mercado do Galaxy Note 7 da Samsung pode beneficiar apenas levemente as vendas do iPhone 7 Plus da Apple, já que os usuários do Note 7 podem preferir permanecer com o Samsung ou, pelo menos, com o Android”, afirmou Roberta Cozza, Diretora de Pesquisas do Gartner. “Em parte, outros fornecedores de Android podem capitalizar esta situação em curto prazo, como a Huawei e outras marcas chinesas presentes no segmento premium de telefones Android. A retirada do mercado do Note 7 também veio em boa hora para o Google em mercados consolidados, em que o Pixel e o Pixel XL começaram a ser vendidos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.