Melhorando a experiência do cidadão com a nuvem

Melhorando a experiência do cidadão com a nuvem

Por Alexandre Paiva, diretor sênior do Setor Público para a Oracle América Latina

Os papeis de consumidor e de cidadão estão cada vez mais semelhantes. A vida online oferece acesso facilitado e diversidade de canais de relacionamento, transformando o comportamento do consumidor. Essa transformação digital não está distante do cidadão que, hoje, está mais exigente quanto ao atendimento e insiste constantemente em estar em contato com autoridades e organismos públicos.

Para enfrentar este desafio, as instituições precisam ser mais ágeis, comunicativas e com processos internos que facilitem o serviço. E esse processo de modernização, já em curso, é facilitado pelos aplicativos de computação em nuvem, que são aliados estratégicos.

A nuvem oferta ao funcionalismo público acesso a toda a informação com rapidez, agilizando processos e com a segurança necessária para criptografar e proteger os dados. A adoção da tecnologia proporciona enormes benefícios, em especial nas áreas de atenção à cidadania, saúde, recursos humanos e processos financeiros.

A mudança agrega valor sem precedentes tanto na vida dos cidadãos, quanto no dia a dia dos funcionários públicos. Para o consumidor, cria-se um novo nível de experiência com as agências estatais, aumentando sua satisfação e garantindo a consistência e a continuidade de que necessitam. Para a organização pública, cria-se um único canal de comunicação, uma plataforma interconectada, intuitiva e móvel que oferece mais comunicação e fluxo de informações entre os funcionários. Além disso, a nuvem simplifica o orçamento e a administração governamental, ajudando as unidades de controle e planejamento financeiro a melhorarem sua eficiência.

Instituições públicas de todo o mundo já aderiram a esta tendência. E no Brasil, algumas experiências bem sucedidas indicam o caminho do novo atendimento das agências do governo. Na saúde, uma experiência bastante positiva é a do Hospital das Clínicas de Porto Alegre, que  implantou soluções em nuvem e atualmente possui alto desempenho e disponibilidade que suportam admissões, cirurgias e operações, além de aumentar os níveis de segurança nas plataformas de TI, garantir disponibilidade 24 horas por dia, 7 dias por semana, para dados clínicos e informações necessárias para o atendimento ao paciente, além de reduzir o tempo de inclusão de dados em seus sistema pela metade.

Outro exemplo de ganho de eficiência é da Fundação Copel, no Paraná, uma entidade sem fins lucrativos de Previdência e Assistência Social, que passou por uma transformação tecnológica para integrar sistemas especialistas para otimizar a gestão de suas atividades e o seu relacionamento com clientes. O uso combinado de infraestrutura física e aplicativos na nuvem favoreceu não apenas a segurança às informações dos clientes, mas também a integração dos diversos fluxos de informação dentro da empresa com maior agilidade de resposta e o custo benefício do uso da tecnologia.

Mas para garantir uma experiência positiva na transição entre modelos tecnológicos para oferecer melhor atendimento e otimizar a experiência do cidadão é fundamental procurar buscar um provedor te tecnologia em nuvem que trabalhe para facilitar a infraestrutura de TI e garantir a maior agilidade e flexibilidade dos processos, com menos riscos e menores custos associados. A integração entre todas as camadas, componentes e soluções é uma necessidade e vantagem para as agências governamentais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.