Regulador americano quer que veículos “conversem” entre si nas estradas

Regulador americano quer que veículos “conversem” entre si nas estradas

O Departamento de Transporte dos Estados Unidos apresentou hoje uma proposta para aumentar a segurança nas estradas: utilizar a comunicação wireless veículo-a-veículo (V2V) como um instrumento de monitoração entre os motoristas a fim de evitar acidentes. Se for adiante, em quatro anos todos os automóveis e caminhões leves terão de ser equipados com essas plataformas. Essa ferramenta estará ao lado de outras medidas de segurança, como auto-frenagem e outras iniciativas. As entidades civis e indústria automobilística terão 90 dias para debater a proposta e ao final as considerações serão levadas para fazerem parte de um plano nacional que poderá levar até um ano para ser finalizado.

A proposta foi apresentada hoje pelo secretário de Transporte, Anthony Foxx, que deverá o cargo em janeiro com a posse do novo presidente, Donald Trump. Segundo o executivo, a ideia é aproveitar o potencial da tecnologia para salvar vidas. A determinação valeria para os carros novos e o executivo calcula que o custo dos componentes e implementação poderá atingir US$ 351 por carro.

Também está incluído na proposta que seja exigida uma proteção contra ataques cibernéticos e que seja garantida a proteção de privacidade dos motoristas, evitando que eles possam ser rastreados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.