Sob pressão, Uber retira seus carros autônomos das ruas de São Francisco

Sob pressão, Uber retira seus carros autônomos das ruas de São Francisco

Uma semana após anunciar seu programa de carros autônomos em São Francisco, o Uber suspendeu a iniciativa e recolheu seus veículos que operavam dessa forma das ruas.A decisão veio depois da pressão feita pelo Departamento de Veículos Motorizados (DMV) da Califórnia ter revogado o registro dos 16 carros que estavam sendo testados pela companhia de compartilhamento de táxi alegando que ela não havia cumprido os regulamentos que exigem uma autorização para esse tipo de teste em vias públicas.

A questão se tornou polêmica e ameaçou chegar aos tribunais. O Uber alegou que não era obrigado a ter uma licença específica para veículos autônomos por seus carros trabalham com monitoramento contínuo feito por um motorista e um engenheiro dentro do carro.  Na Califórnia  veículos autônomos são definidos como aqueles que têm a capacidade de ser conduzido “sem o controle físico ativo ou monitoramento de uma pessoa natural.”

São Francisco seria o segundo campo de testes dos carros autônomos do Uber que desde setembro realiza piloto em  Pittsburgh. Apesar de ter anunciado há uma semana os testes em São Francisco, a empresa já fazia um piloto na cidade há pelo menos 30 dias.

O DMV já autorizou os testes de 130 carros na Califórnia para outras 20 empresas, entre as quais a Tesla Motors, o Google e a Ford.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha: *
Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.