Sarau da Inovação Conectando Talentos

logo-sarau

AS NOVAS REDES, MAIS FLEXÍVEIS E COM INTELIGÊNCIA DISTRIBUÍDA

Com a chegada das redes digitais, primeiro centralizou-se a inteligência. Agora,com o avanço tecnológico, assiste-se ao processo inverso, de distribuição da inteligência nos elementos da rede. Nesse cenário, destacam-se duas tecnologias: o SDN, ou redes definidas por software, e o NFV, a virtualização de funções da rede. O objetivo deste painel é debater quais as vantagens dessas tecnologias, que benefícios trazem, em que circunstâncias devem ser utilizadas, se são tecnologias complementares ou excludentes, que demandas podem resolver.

PAINELISTAS (clique no nome do palestrante para visualizar a apresentação)
A VISÃO DE CIOS
quais as suas demandas
Marcos Mazoni | Presidente do Serpro
Roberto Zambon | Diretor de Tecnologia da Caixa Econômica Federal
Alexandre Cadaval | Diretor de TI e Operações da Locaweb

A VISÃO DA INDÚSTRIA – que demandas se propõem a atender
Fábio Hashimoto | Gerente de Tecnologia da Promon Logicalis
Paulo Cabestré | Presidente da Trópico

PALESTRAS TÉCNICAS
Novos Paradigmas de Redes: onde e por que adotá-los
Leonardo Elias Mariote | Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do CPqD

Criando Redes de Dados Dinâmicas, Inteligentes e Programáveis para suportar a revolução da Internet das Coisas
Fábio Hashimoto | Gerente de Tecnologia da Promon Logicalis

CENÁRIO ECONÔMICO
Luis Nassif | Diretor Presidente da Agência Dinheiro Vivo

 

REPORTAGEM SOBRE O SARAU DA INOVAÇÃO
Serpro e CEF adotam SDN para expansão das redes

 

 

 

GALERIA DE FOTOS